Ver todos os posts
Publicado em Publicado em

Impacto da pesquisa por voz no SEO em 2020

Categoria

Marketing Digital

Partilhar

Com o passar dos anos, novos desenvolvimentos tecnológicos vão surgindo mudando os limites dos negócios, e trabalhar para tirar proveito das novas oportunidades pode ser um desafio no marketing digital. Uma dessas transformações no mercado foi causada pelo aparecimento da tecnologia de pesquisa por voz e o seu efeito no uso da Internet.

Os efeitos da voz no SEO

A voz está a transformar a nossa abordagem à tecnologia e à Internet, e na LOBA estamos atentos às otimizações necessárias, adaptamo-nos a estes mecanismos de pesquisa e agora, partilhamos o que aprendemos:

Linguagem natural

Com os sistemas de reconhecimento de voz cada vez mais aprimorados e confiáveis, a tecnologia de voz está preparada para acompanhar o uso comum da linguagem, para que as pessoas possam dar comandos como se estivessem a falar com um humano. 

Comprimento das palavras-chave

As estratégias de SEO têm de ser ajustadas usando mais palavras – chave Long Tail, com o benefício adicional de que quanto mais longas as frases-chave, maior a probabilidade de conversão p.e. pesquisar por “mobília” será de certo uma palavra com muita procura e provavelmente o website não constará nos primeiros resultados, mas se utilizarmos “mobília de quarto em carvalho” vai fazer com que a probabilidade de alcançar quem procura por este tipo de produto seja maior.

Palavras interrogativas

As pesquisas por voz incluem com mais frequência as palavras de pergunta quem, quais, quando, onde e como, mas também substantivos e adjetivos-chave como novo, fácil, tipos, entre outros, que geralmente são omitidas nas pesquisas por escrito. É fundamental garantir que a Estratégia de Conteúdo SEO forneça respostas precisas e relevantes para as consultas de pesquisa por voz e distinguir entre perguntas simples e aquelas que exigem respostas mais abrangentes. As consultas que podem ser respondidas com respostas muito curtas normalmente não geram tráfego para um site, porque o Google geralmente fornece as informações necessárias por meio de snippets de pesquisa em destaque. 

Pesquisa semântica

Ao contrário das pesquisas lexicais que procuram correspondências literais de palavras-chave, as pesquisas semânticas tentam encontrar o significado pretendido pelo utilizador no contexto dos termos usados. Esta interpretação pode ser auxiliada pelo histórico de pesquisa do utilizador, pelo histórico global de pesquisa, pela localização e pela palavra-chave. 

Pesquisa local

A tecnologia de voz reforçou o uso da pesquisa local. Os consumidores têm uma probabilidade maior de pesquisar localmente ao pesquisar por voz. Isto permite que os consumidores encontrem empresas locais usando a pesquisa por voz e utilizem a tecnologia por voz para encontrar informações sobre empresas locais no seu dia-a-dia. 

Adaptação à pesquisa por voz

Com a tecnologia de voz a impactar o SEO de várias maneiras, apresentamos algumas etapas recomendadas para se adaptarem adequadamente.

  1. O Google Voice prioriza sites de carregamento rápido, imagens otimizadas, o tempo de resposta reduzido e claro, o site responsivo. 
  2. O conteúdo deve ser otimizado com palavras-chave long tail que reflitam pesquisas populares usadas na pesquisa por voz. É importante o uso de linguagem “natural”. 
  3. Os dados estruturados e os Schema Markups fornecem mais informações sobre uma marca e direcionam tráfego. Ajudam também as páginas a aparecerem em rich snippets, o que aumenta as hipóteses de estar nos primeiros resultados nas pesquisas por voz. 
  4. As informações locais da marca devem ser fornecidas para atender ao aumento do volume de pesquisas de empresas locais com voz – o uso do Google My Business é altamente recomendável.  
  5. Aumentar a autoridade do domínio ajuda nas classificações de pesquisa – que pode ser melhorado com uma estratégia de link building de qualidade.

 

O impacto da tecnologia de voz no SEO é certa. Dado o enorme aumento na adoção e uso da voz, o impacto nas empresas será considerável. As marcas que podem antecipar e ficar à frente das mudanças antes que elas ocorram irão certamente colher os benefícios nos próximos anos.

E o seu website? Está preparado para este avanço tecnológico?

Ver todos os posts