Ver todos os posts
Publicado em Publicado em

COVID-19: as aprendizagens que ficam

Categoria

Covid-19

Partilhar

A 13 de março começamos o nosso confinamento com toda a equipa em teletrabalho. Neste post «COVID-19: como estamos a fazer a nossa parte» partilhamos a nossa preparação e os desafios para este regime de trabalho. Aí, apontamos que iríamos celebrar o sucesso desta ação brevemente.

A 9 de abril, com toda a dinâmica do trabalho remoto instalada, partilhamos a experiência neste post «COVID-19: quando as dificuldades despertam o que há de melhor numa equipa». Estávamos então certos da decisão tomada e, com as práticas instaladas, criámos toda uma nova dinâmica de trabalho que gerou proximidade e confiança.

 Na semana de 1 de junho, regressámos opcionalmente e parcialmente ao escritório, onde mais de dois meses e meio depois, nos voltámos a encontrar.  E as sensações foram as melhores!

Olhando para este período que passámos, há que destacar o sentido de responsabilidade de todos. Assumimos que conseguiríamos ultrapassar o contexto de dificuldade económica. Ligamos o nosso “modo de sobrevivência” e estivemos ainda mais atentos, disponíveis e flexíveis, uns com os outros e com os nossos clientes.

Parabéns equipa!

Afinal, o que ganhámos?

A nossa confiança e a dos nossos clientes. Foi notória a nossa capacidade de adaptação a novos cenários de trabalho.

Continuamos a ganhar novos clientes, novos projetos e a entregar trabalhos. Vejam-se as novidades no nosso portfolio de brands, ecommerce e applications.

E continuamos a crescer organizacionalmente. Durante estes dois meses e meio:

  • Integrámos mais 9 pessoas na equipa! Bem-vindos: Tiago, Bruno, Henrique, Vitor, André, Xavier, Pedro, Manuel e Beatriz!
  • Obtivemos a certificação do sistema de gestão de qualidade, extensível a todas as áreas da empresa.
  • Fizemos mais uma edição da academia de formação.
  • Implementámos novos processos de organização e comunicação interna.

E ganhámos, também, muitas práticas que são para ficar!

  • A conjugação do teletrabalho opcional com o trabalho presencial será uma política certa.
  • A reunião diária por equipas é para continuar, bem como as reuniões semanais dos diretores.
  • A comunicação regular entre a administração e toda a empresa está conquistada.
  • O agendamento de reuniões de 25min ao invés de interrupções ad-hoc.
  • O privilégio da videoconferência para reuniões.Sem “decretar” o fim do nosso período de confinamento e dando um sinal que estamos no caminho de celebrar mais uma vitória neste desafio que é o nosso papel na pandemia, fica aqui um vídeo que pretende perpetuar a nossa capacidade de adaptação!

    Espero que o nosso exemplo possa encorajar outras organizações a acreditar que o poder de uma equipa é ilimitado!

    E que os nossos projetos sejam o reflexo das nossas cada vez melhores dinâmicas de colaboração e relacionamento com os clientes!

Ver todos os posts